Português - English
Facebook logo
ERP já recolheu e tratou 3 Milhões de Toneladas de Resíduos Electrónicos
ERP já recolheu e tratou 3 Milhões de Toneladas de Resíduos Electrónicos

A ERP atingiu um marco importante ao recolher e tratar mais de 3 milhões de toneladas de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos (REEE) em toda a Europa, desde a sua fundação em 2002. Este número equivale à quantidade de REEE gerada na União Europeia num só ano.

PrintEmailBookmark/FavoritesShare
Mail Print Add Social

A ERP tem contribuído significativamente para a Economia Circular e reconhece a importância das iniciativas desta natureza, no contexto Europeu

A ERP atingiu um marco importante ao recolher e tratar mais de 3 milhões de toneladas de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos (REEE) em toda a Europa, desde a sua fundação em 2002. Este número equivale à quantidade de REEE gerada na União Europeia num só ano. A reciclagem de REEE não só reduz a utilização recursos naturais valiosos, mas também contribui para melhorar o ambiente e a saúde humana. A prevenção da emissão de mais de 32 milhões de toneladas de CO2 é um exemplo dos benefícios ambientais conseguidos com a reciclagem destes 3 milhões de toneladas de REEE.

A quantidade de REEE continua a crescer, não só na Europa, mas em todo o mundo. Em 2021, a produção mundial chegará a 52 milhões de toneladas, de acordo com o recente relatório do Global E-Waste Monitor. As substâncias perigosas depositadas em aterros contaminam o solo e as águas subterrâneas e têm um forte impacte no ambiente e na nossa saúde; ao mesmo tempo, a perda de recursos valiosos é prejudicial para a economia. Para reduzir os danos ambientais dos resíduos electrónicos e economizar recursos, é essencial a transição de uma economia linear para uma economia mais circular.

“A ERP congratula-se com as iniciativas da UE para fortalecer o princípio da responsabilidade alargada do produtor e criar concorrência no mercado de gestão de resíduos”, afirma Umberto Raiteri, CEO da ERP. “O tratamento de 3 milhões de toneladas de REEE mostra que o ERP contribuiu significativamente para a economia circular da UE e prova que a responsabilidade alargada do produtor num contexto competitivo traz grandes benefícios para o ambiente, a um custo mais justo para os produtores. Também é promovida a inovação, o que leva a um tratamento de maior qualidade – impedindo a libertação de substâncias perigosas – e recursos de maior qualidade para a economia circular”.

A conquista da recolha e tratamento de mais de 3 milhões de toneladas de REEE destaca, mais uma vez, o importante papel que a ERP tem desempenhado no mercado europeu da reciclagem. Graças ao seu âmbito europeu, único no mercado (rede composta por 35 entidades gestoras, em 15 países), a sua experiência inigualável, estratégias de reciclagem inovadoras e a criação de oportunidades para serviços pan-europeus de reciclagem, a ERP tem contribuído significativamente para desenvolvimento de uma economia mais circular na Europa.